ReviewEssays.com - Term Papers, Book Reports, Research Papers and College Essays
Search

Impacto De Erasmus Na Carreira Profissional

Essay by   •  April 22, 2011  •  Research Paper  •  7,493 Words (30 Pages)  •  6,555 Views

Essay Preview: Impacto De Erasmus Na Carreira Profissional

Report this essay
Page 1 of 30

Abstract

Neste estudo vamos procurar avaliar quais sÐ"Јo as motivaÐ"§Ð"µes que levam as pessoas a fazer Erasmus

e a nÐ"Јo fazer e qual o impacto dessa mesma experiÐ"Єncia ou a falta dela posteriormente nas suas

carreiras profissionais.

Vamos analisar a opiniÐ"Јo das pessoas acerca do programa, saber quais os pontos fortes e pontos

fracos, saber se utilizam as competÐ"Єncias que adquiriram no seu trabalho actual, avaliar em que

grau estas se diferenciam no seu local de trabalho das pessoas sem Erasmus e perceber qual a

importÐ"Ñžncia de Erasmus para instilar nas pessoas a vontade pelos estrangeiro.

Pretendemos conhecer quais os traÐ"§os de personalidade que levam as pessoas a fazer Erasmus, qual

o impacto da realizaÐ"§Ð"Јo deste programa junto do mercado de trabalho e depois tencionamos saber se

a participaÐ"§Ð"Јo no programa Erasmus funciona como um potenciador da vontade de ter outras

experiÐ"Єncias internacionais das quais se destaca o trabalho no estrangeiro.

Vamos explicar que Erasmus Ð"© apenas um exemplo de uma experiÐ"Єncia internacional e cujo valor

reside sobretudo no melhoramento das competÐ"Єncias e capacidades relacionais e pessoais.

Mostramos que as pessoas que tÐ"Єm experiÐ"Єncias internacionais quebram os grilhÐ"µes com que estÐ"Јo

ligadas ao receio e disponibilizam-se para abraÐ"§ar novos desafios.

No decorrer do trabalho utilizaremos a teoria da motivaÐ"§Ð"Јo de Victor Vroom para perceber de onde

Ð"© que vem a vontade das pessoas de ir para o estrangeiro.

Toda esta anÐ"ÐŽlise serÐ"ÐŽ feita atravÐ"©s de um estudo comparativo entre pessoas com Erasmus, pessoas

sem Erasmus mas com outras experiÐ"Єncias internacionais e pessoas sem experiÐ"Єncias internacionais.

Depois de percebermos estas diferenÐ"§as vamos construir uma teoria que procura integrar toda esta

informaÐ"§Ð"Јo.

2

IntroduÐ"§Ð"Јo

Neste trabalho procuramos compreender melhor as consequÐ"Єncias de se realizar uma experiÐ"Єncia

internacional, o Erasmus tanto a nÐ"­vel profissional e acadÐ"©mico como a nÐ"­vel pessoal.

Criado em 1987 pela UniÐ"Јo Europeia, o Programa Erasmus movimenta, hoje cerca de 1,1 milhÐ"µes

de alunos por ano. Apesar de em Portugal este fenÐ"Ñ-meno ser recente este jÐ"ÐŽ Ð"© um dos “membros

mais participativos ocupa o 11Ð'Ñ" lugar das preferÐ"Єncias dos estrangeiros e Ð"© o 8Ð'Ñ" paÐ"­s a enviar mais

alunos para fora” (DiÐ"ÐŽrio de Noticias, 18 de Maio de 2005). Ð"‰ impressionante o aumento da

receptividade deste programa sobretudo de hÐ"ÐŽ trÐ"Єs anos a esta parte, o que torna o programa ainda

muito novo em Portugal. Isso faz com que os estudos existentes sobre o impacto do Erasmus na

vida das pessoas sejam escassos.

Por outro lado de acordo com o relatÐ"Ñ-rio da ComissÐ"Јo Europeia “Employment in Europe 2006”,

Portugal Ð"© o paÐ"­s dos 25 da UniÐ"Јo Europeia com a menor mobilidade geogrÐ"ÐŽfica numa perspectiva

de longo prazo dentro da UE, ou seja, apenas, aproximadamente 1,6% do total da forÐ"§a de trabalho

portuguesa pensa daqui a cinco anos procurar um emprego num outro paÐ"­s da UE.

Com este programa os alunos do espaÐ"§o europeu podem estudar um semestre ou atÐ"© mesmo um ano

lectivo num dos paÐ"­ses da UniÐ"Јo Europeia. Assim, conhecem uma nova cultura, interagem com

pessoas diferentes, ficam inseridos numa nova sociedade e ainda partilham conhecimentos e

vivÐ"Єncias. Os conhecimentos acadÐ"©micos e pessoais que apreendem dessa experiÐ"Єncia voltam

consigo para o seu paÐ"­s de origem, contribuindo assim para o desenvolvimento e integraÐ"§Ð"Јo do seu

paÐ"­s na comunidade europeia e globalizada. Deixamos de ter uma “fuga de cÐ"©rebros” para

passarmos a ter um “treino de cÐ"©rebros” internacional que depois regressam a Portugal com as skills

adquiridas para aplicÐ"ÐŽ-las e transmiti-las aos seus parceiros. De facto, trata-se de um programa

importante jÐ"ÐŽ que, como disse o entrevistando JosÐ"© LourenÐ"§o, “temos que ter em atenÐ"§Ð"Јo que jÐ"ÐŽ nÐ"Јo

vivemos, que a nossa sociedade jÐ"ÐŽ nÐ"Јo Ð"© o Portugal dos pequeninos. O teu [nosso] mercado de

trabalho jÐ"ÐŽ nÐ"Јo Ð"© sÐ"Ñ- a Avenida da Liberdade, se estudares FinanÐ"§as ou Economia, nÐ"Јo Ð"© a Avenida

da Liberdade, Ð"© a Europa toda, para nÐ"Јo dizer o Mundo” .

Outro aspecto a retirar desta experiÐ"Єncia Ð"© o carÐ"ÐŽcter globalizador que proporciona, uma vez que hÐ"ÐŽ

um intercÐ"Ñžmbio

...

...

Download as:   txt (59.8 Kb)   pdf (508.5 Kb)   docx (36.3 Kb)  
Continue for 29 more pages »
Only available on ReviewEssays.com